Lalo Marchi, um legado de conquistas e artes que nunca perdem o estilo e beleza.

Para encerrar a série de histórias de vida dos fundadores da Infibra S.A., hoje relembraremos um pouco sobre o Sr. Geraldo Marchi, mais conhecido como “Lalo Marchi”.

Filho de Ferdinando e Alzira Maria Marchi e irmão de Luizinho (o qual já contamos anteriormente sua história também) e “Lela”. Pai de 4 filhos e avô de 7 netos…

Na verdade, o “S. Lalo” cresceu no mundo da Cerâmica (antiga Maristela), onde ganhou experiência sobre o mercado de telhas pois buscava se inovar sempre. Muitas vezes até viajando para o exterior em busca de tecnologia e com apoio de toda a família… E das telhas cerâmicas apareceu a oportunidade de participar da fundação de outra fábrica de telhas, desta vez de fibrocimento, a Infibra.

Mas hoje não vamos focar somente na sua trajetória profissional e sim destacar a sua sensibilidade à arte, seus caprichos nos detalhes para trabalhos manuais mesmo com suas mãos imensas e grossas. Detalhe esse que foi decorrência de trabalho árduo que sempre realizou em suas empresas, empurrando vagonetas de telhas, moldando-as sempre com intuito de que “… o patrão tinha que ser o exemplo…”.

Ele era um Arquiteto nato, diziam os mais próximos…! Tinha paixão por madeiras, construção e amava criar novos desafios…  Após construir seu chalé dos sonhos, iniciou a produção de vinho e anos depois construiu seu alambique para produção de cachaça artesanal. 

Sua trajetória nos deixa a lembrança por onde passou, suas conquistas, artes que nunca perdem o estilo e beleza.